Língua e Literatura

Orientações para a redação do Enem

Orientações para a redação do Enem

1) Seja atualizado. Os temas propostos estão relacionados à vida atual.
2) Leia os editoriais dos jornais, pois eles são bons modelos de dissertação e ajudam a perceber técnicas de argumentação.
3) Leia atentamente as instruções antes de começar a fazer seu texto.
4) A redação deverá ser redigida a tinta.
5) Haverá papel para o rascunho e para o texto original. Faça um rascunho. Não escreva diretamente no papel reservado ao texto original.
6) Evite cometer rasuras.
7) Dê um título para sua redação, mas só quando finalizá-la, pois ele deve estar de acordo com o que você escreveu.
8 ) Faça seu texto com o número de linhas solicitado, respeitando os parágrafos.
9) Não fuja ao tema indicado, pois essa é uma forma de conseguir nota zero na prova.
10) Fuja dos “achismos”. O que se espera é que você saiba construir e defender uma opinião que não seja baseada em um “achismo”.
11) Esqueça a linguagem que você usa no e-mail ou na mensagem de texto do telefone celular. O Enem é um exame sério e, como tal, exige respeito à norma culta da língua portuguesa.
12) Se você tiver dúvida sobre a ortografia de uma palavra, procure usar um sinônimo.
13) Jamais utilize uma palavra de baixo calão (palavrão).
14) Evite usar gírias, contudo, se elas forem necessárias, coloque-as entre aspas. Mas, atenção, as gírias que envolvem palavras de baixo calão não devem ser usadas nem entre aspas.
15) Não utilize provérbios ou ditados populares. Seja criativo. Pobreza de linguagem desqualifica sua redação.
16) Não use frases feitas, clichês.
17) Atenção para não repetir, várias vezes, a mesma ideia ou palavra.
18) Fique atento às conjunções que emprega, para que seu texto não perca a coesão e, consequentemente, a coerência. Observe se esses conectivos estão, de fato, traduzindo o tipo de relação que você quer estabelecer entre as orações.
19) Não cite dados estatísticos, a menos que você possa informar a fonte e que eles sejam fiéis a essa fonte.
20) Não cite pessoas que são apenas do seu conhecimento particular para exemplificar uma situação colocada em seu texto. Se precisar citar alguém como exemplo, essa pessoa deve ser uma pessoa pública. Mas tome cuidado para não citá-la como um exemplo de conduta pouco recomendável.
21) Se a redação tiver que ser feita a partir da leitura de um texto apresentado na prova, não utilize partes desse texto na sua redação. Utilize os conhecimentos adquiridos ao longo de sua formação.
22) A redação não pode ser redigida em forma de poema (com versos) ou de narrativa (contando uma história).
23) Texto dissertativo-argumentativo, que é o tipo de texto exigido no Enem, deve expor ideias de forma clara e coerente. Ele precisa também apresentar argumentos, fatos e opiniões que defendam o seu ponto de vista.
24) Elabore propostas para a solução do problema discutido no texto. Mas, essas propostas devem demonstrar respeito aos direitos humanos. Por exemplo, propor a pena de morte como solução para acabar com a criminalidade é ferir os direitos humanos.
25) Seja ético. Se o tema tratar da violência ou da criminalidade, nunca seja a favor delas.
26) Não faça apologia às drogas e nem desenhos que possam comprometê-lo.
27) Nunca defenda um ponto de vista com base em religião ou em superstição. Não faça pregações religiosas na sua redação.
28) Nunca termine a sua redação utilizando expressões como: fim, the end ou qualquer outra coisa do gênero. Certamente, você perderá pontos por causa disso.
29) Não mande recadinhos para quem vai corrigir a sua redação, pois essa pessoa não tem interesse em saber dos seus problemas pessoais ou se você não estava bem na hora da prova.

Os comentários estão desativados.