Língua e Literatura

Poema da necessidade – Carlos Drummond de Andrade

Poema da necessidade

É preciso casar João,
é preciso suportar Antônio,
é preciso odiar Melquíades,
é preciso substituir nós todos.

É preciso salvar o país,
é preciso crer em Deus,
é preciso pagar as dívidas,
é preciso comprar um rádio,
é preciso esquecer fulana.

É preciso estudar volapuque,
é preciso estar sempre bêbado,
é preciso ler Baudelaire,
é preciso colher as flores
de que rezam velhos autores.

É preciso viver com os homens,
é preciso não assassiná-los,
é preciso ter mãos pálidas
e anunciar o FIM DO MUNDO.

(Carlos Drummond de Andrade)

Volapuque: língua auxiliar de comunicação internacional criada em 1879 pelo alemão Johann M. Schleyer.

O título é uma síntese do poema, que elenca as necessidades pessoais e sociais, de acordo com o ponto de vista do eu lírico. Para ele, a vida é insatisfatória, pois sempre falta algo para que a felicidade seja alcançada. A única maneira é anunciar o FIM DO MUNDO para, quem sabe, dele surgir uma realidade diferente.

Os comentários estão desativados.