Língua e Literatura

Parada cardíaca – Paulo Leminski

Essa minha secura
essa falta de sentimento
não tem ninguém que segure,
vem de dentro.

Vem da zona escura
donde vem o que sinto.
Sinto muito,
sentir é muito lento.

(Paulo Leminski)

Os comentários estão desativados.