Arquivo da tag: Estrangeirismos

Grafia de estrangeirismos

Na grafia de palavras estrangeiras devemos obedecer às regras de grafia e acentuação do idioma originário do vocábulo estrangeiro. No texto manuscrito devemos colocá-lo entre aspas e marcá-lo com destaque nos textos impressos. Exemplos: habeas corpus (latim), design (inglês), gauche (francês) e layout (inglês).
No caso dos estrangeirismos já aportuguesados, a grafia deve obedecer às regras da língua portuguesa. Exemplos: abajur (do francês: abat-jour), espaguete (do italiano: spaghetti) e biquíni (do inglês: bikini).
Observação: quando aportuguesamos uma palavra composta, todos os seus elementos devem receber adaptações. Desse modo, ou escrevemos New York ou Nova Iorque e nunca New Iorque ou Nova York.

O que significa a expressão post-scriptum?

Expressão latina que significa “escrito depois”. A abreviatura “P.S.”, empregada após a conclusão de um texto, indica que algo ainda precisa ser acrescentado. Na fala, equivaleria à expressão: “Antes que eu me esqueça…”

Paparazzo ou Paparazzi?

Paparazzo é singular.
O ator brigou com um paparazzo.

Paparazzi é plural.
Os paparazzi não davam trégua ao artista.

O que significa a expressão quiproquó?

Expressão latina (Quid Pro Quo = uma coisa pela outra), que, em português, significa “equívoco”,”troca de uma coisa por outra”, “confusão” ou “situação cômica”. Na sua origem, ela era utilizada para se referir a um engano no uso de termos latinos em um texto. O “u” do grupo “qui” deve ser pronunciado.

O que significa a expressão plus?

PLUS é uma palavra de origem LATINA que significa MAIS (PLUS ULTRA = MAIS ALÉM).
Não use a expressão “um plus a mais”. Ela é redundante.

O que significa a expressão sine die?

É uma expressão latina que significa “sem se fixar a data”. O plural é invariável.

Exemplos:
O julgamento foi adiado sine die.
Os julgamentos foram adiados sine die.

O que significa a expressão sine qua non?

É uma expressão latina que indica uma cláusula ou condição sem a qual não se fará certa coisa. O plural é “sine quibus non”.

Exemplos:
Condição sine qua non
Condições sine quibus non